Apenas ela cancelar assinatura

Trago outro post sobre a saúde no Brasil.

2020.06.04 23:07 exsoldierakechi Trago outro post sobre a saúde no Brasil.

Quem fuçar meu post history vai ver que ja postei algumas coisas sobre UPA, um pouco da visão de outras pessoas de dentro e afins, hoje eu trago só três histórias triste que novamente acontece com minha noiva.
Pra relevância, minha noiva trabalha com atendimento em casa de pessoas debilitadas pra um hospital da grande São Paulo (e é um programa legal, ajuda mesmo as pessoas. O problema é quem trabalha mesmo)
-Primeiramente que ela fez recentemente o teste de covid. Sim, recentemente. Deu negativo (pro alívio de todos), mas eles estavam deixando de testar quem não trabalhava diretamente, pois já teve tanto afastamento de funcionário que ia complicar se afastasse mais. Então simplesmente deixaram de fazer testes pra evitar isso.
-Falta material, isso todo mundo já sabe, o que não sabem é que ela (e outros) estão tendo que comprar máscara do próprio bolso, usar equipamentos inadequados e que cortaram todas folgas (só tem uma por semana, que é o padrão minimo, geralmente tem 3-5 no mês além dessas), e tão pagando os dias como "hora extra"... Sem adicionais de insalubridade, sem nada demais no fim das contas não da nem 200 reais.
-Um dos colegas dela estava roubando medicamentos controlados pra revender. Eles puniram toda a equipe, e não perguntaram pra ela nem uma outra moça nada e foram ignoradas. Além disso, esse mesmo colega fez uma identificação errada nas coletas de exames, estragou tudo, e novamente ambos foram punidos "porque você tava lá também, mesmo com assinatura dele" De acordo com informações que ela já me disse, médicos e outras pessoas "acima" podem tudo.
-Assistente Social as vezes visita e acompanha alguns casos, ela havia comprado paninhos de cozinha de uma das pacientes, então parou de visitar, ficava escondida no carro pra não verem que tava lá e não pagar os paninhos. Ai depois de muito ser cobrada ela LIGOU PRO PACIENTE E DEU ALTA! pra não ter que voltar mais lá. Isso fugiu totalmente do protocolo, o médico responsável ficou chocado e reclamou com a adm, porém a assistente é "velha na casa" e o médico era mais novo, ela foi advertida apenas. Ele pediu demissão de desgosto.
Vão cancelar esse programa pelo excesso de golpes, cobranças, atendimentos mal feitos/inexistentes(a pessoa fala que vai lá e não vai, mas carimba que foi) , e "foda se" no geral de funcionários.
O valor dos panos? 14 reais.
Sim, minha noiva quer sair de lá e desistiu de todas áreas da saúde no Brasil. O sistema é uma merda mas as pessoas não ajudam.
Só isso por hoje. Valeu.
submitted by exsoldierakechi to brasil [link] [comments]


2020.01.10 20:53 bebahia Minha saga com a Claro: A maldição do chip incancelável, e outras peripécias de uma relação abusiva

Fui cliente da Claro por vinte anos, não por causa do bom serviço prestado pela companhia, mas por uma acomodação disfarçada da crença de que tamanha fidelidade seria recompensada pela empresa, não por meio de privilégios, mas pela abstenção de novos abusos. E foram muitos ao longo desses anos, serviços que nunca contratei e utilizei que me eram cobrados, linhas para além da única que sempre utilizei... Mas uma vez que me deparava com eles e pedia o cancelamento, tudo era resolvido, até a próxima vez. Ficava aquele jogo "divertido", eu via a empresa colocar a mão no meu bolso, reclamava, e tentava ficar um pouco mais esperto pra isso não acontecer novamente. Nesse caso vale uma mea culpa, eu passo longe de ser um "bom consumidor", essa minha conta com a Claro estava em débito automático e eu não costumava checar muito ela, mas por outro lado, eu fui por muitos anos o "consumidor ideal" para empresas que deveriam minimamente equilibrar a busca do lucro com a satisfação do cliente.
O ponto de virada da minha relação com a Claro foi quando descobri que estava pagando há anos por um chip que nunca havia utilizado. Vocês sabem como é, vamos na loja trocar de aparelho, e aí nos oferecem um plano que vai resultar numa bela economia, e é tudo tranquilo porque apesar dele vir com um chip que você não vai usar, é só passar na loja no mês seguinte, cancelar o chip e tudo bem. Só que aí você vai na Claro no mês seguinte, e ninguém descobre nenhum chip. Você insiste, "mas então eu só estou sendo cobrado por essa minha linha, é isso mesmo?", e a resposta é positiva. Estranho, mas resignado, você acaba esquecendo aquilo. Falando assim parece uma imbecilidade completa da minha parte, mas foi apenas parcial, pois quem é cliente Claro sabe que as contas que recebemos são tudo, menos transparentes. Foi apenas muito depois, quando o orçamento apertou, que fui olhar com mais atenção a minha conta da Claro, querendo cortar gastos, e descobri ali aquele chip ali, mais ou menos 50 reais, cobrados todos os meses.
Então vamos mais uma vez resolver o problema, cancelar esse chip. Fui uma vez e ninguém sabia da existência desse chip, "você só era detentor de uma linha, pode ficar tranquilo, espere pelo mês seguinte que não virá nenhuma cobrança". Mês seguinte, nova cobrança. "Ah, realmente senhor, você contratou esse chip aqui, então estaremos cancelando ele". Mês seguinte nova cobrança, e no mês seguinte, e no mês seguinte. Eu tenho pelo menos três protocolos de reclamação com a Claro tentando cancelar esse maldito chip, e quando já cogitava mudar de operadora dei uma última chance, resolvi mudar para um plano muito mais econômico, tomando todo o cuidado de deixar claro que só usava uma linha, que não queria mais chips, linhas extras ou qualquer outro serviço. Só a internet móvel mesmo, obrigado. Ah, eu tinha uma internet fixa? Não, nunca tive internet fixa, nossa né, que coisa, então cancela ela pra mim por favor.
Pois bem, eis que no mês seguinte eu recebo uma multa de mais de 600 reais. Sim, porque o meu plano anterior tinha um período mínimo de fidelidade, e que pena, você estava nele há 11 meses, faltava só mais um. Claro que ninguém me avisou que teria uma multa para eu mudar de plano, e muito menos que ela seria de 600 reais, justamente o valor de um ano do que eu passaria a pagar com o meu novo plano. Expliquei isso para a pessoa que me atendeu e ela foi super gentil, tentamos uma vez, falaram que eu devia pagar a multa, tentamos uma segunda vez falando que eu pagaria mais um mês do plano antigo junto com o novo, mas ainda assim tive que pagar a multa. O resultado disso foi que entrei com um processo contra a Claro, dois na verdade, do chip e o da multa. Perdi o do chip porque a juíza entendeu que a questão ali era a contratação do plano ("essa é a sua assinatura, não é?"), e não deu a menor atenção para o fato deu não conseguir cancelar aquilo nem pedindo por favor pelamordedeus (sim, eu pedi). Mas ganhei o da multa, estou pra receber o valor integral que paguei, mais mil (1000) por danos morais. Minha moral não vale muita coisa, realmente, mas algo me diz que mil de danos morais não vai exatamente desestimular a empresa a fazer isso novamente com outras pessoas.
Mas acabei me adiantando um pouco, porque pouco antes de entrar com o processo eu fiz a mudança do meu número para outra operadora, a Tim. Sim, um divórcio, depois de anos de relacionamento abusivo em que a empresa jurava que ia mudar, que me amava (me ligam até hoje), consegui acabar com aquilo e estou hoje num relacionamento saudável, só pagando pela minha linha, acreditam só? Nem sabia que isso era possível, eu volta e meia dou aquela conferida, mas é isso mesmo.
Só que a história não acaba aqui, porque nesse mês recebi uma nova conta da Claro, estava lá no spam. Achei que fosse vírus, abri com muito cuidado, mas era mesmo uma conta, vejam só, referente ao mês de dezembro! Só que eu já havia mudado de operadora muito antes disso, então lá fui eu, ontem, passar na Claro crente que resolveria isso logo, que eles reconheceriam a confusão. Pois é, piada. No meu primeiro atendimento fui questionado quando fiz a mudança de operadora, porque pra eles o meu cancelamento do meu plano Claro havia sido em dezembro. Não sabia a data exata, mas insisti que havia sido muito antes disso, ela disse que não podia fazer nada sem a data exata, e lá fui eu pra Tim pegar a maldita data. Voltei, aqui, saí da Claro em agosto, por que estou recebendo uma conta de dezembro? "Ah senhor, porque essa linha é a linha de um dependente, e ela não foi cancelada". Queridos, que dependente? Sou solteiro, nem namorada tenho, dependente é o gato? A planta? E como assim, quando saí da Claro fiz questão de perguntar se não receberia nenhuma conta surpresa de chips e afins, porque estava saindo justamente pela impossibilidade de parar de ser cobrado por serviços que não utilizava, e a resposta foi positiva. Mas de fato, não especifiquei que queria cancelar essa linha do dependente, mal, quem poderia imaginar que uma pessoa vá mudar de operadora deseje continuar pagando essa linha extra.
E é isso, obrigado a você que chegou até aqui, espero que tenha se divertido um pouco com a leitura, porque essa situação toda é tão absurda que chega a ser um pouco engraçada, então espero ter sido capaz de expressar isso. Fiquem bem, e passem longe da Claro, uma cobertura um pouco melhor não vale por tudo isso.
submitted by bebahia to brasil [link] [comments]